Congregação das Irmãs Franciscanas

de Nossa Senhora das Vitórias

ESCOLA SÃO JOÃO BATISTA

PARTILHA

Ano de fundação

1927

Endereço

Rua São João, Capela - 9000-190, Funchal, Madeira, Portugal

Telefone

291 752412

Missão: Esta Comunidade das Irmãs denomina-se de São João Batista, visto ter como padroeiro São João Batista. Foi fundada pelo Monsenhor Manuel Joaquim de Paiva, a 4 de abril de 1927, Comunidade e Escola, com seis Irmãs, sendo quatro professoras e duas auxiliares. As Irmãs tinham como missão: Educação, Catequese, ajuda e atendimento aos pobres. A Irmã que consta no registo da casa, Curriculum, é a Irmã Natividade Melim, tendo chegado a esta casa no dia 23 de março de 1966. Certamente as primeiras não foram registadas.

Como consta na resenha da Escola, as primeiras Irmãs que habitaram esta Comunidade estiveram ligadas à Escola. A Capela foi o centro de toda a atividade onde reunia o povo deste bairro, muito devoto de São João.

Hoje, as Irmãs continuam a dar apoio na pastoral litúrgica, animando as Eucaristias celebradas pelo pároco desta Paróquia – S. Pedro, aos domingos e às quartas-feiras. Uma Irmã vai ainda tocar quinzenalmente, à Paróquia de S. Martinho.

Nos restantes dias da semana, as Irmãs vão à Missa fora, cidade. Funciona aqui, um centro de Catequese, para as quatro classes. A Capela está aos cuidados das Irmãs, no que toca à limpeza e ornamentação, no dia-a-dia e sobretudo nas festas maiores, que são as Novenas e Festa de São João, uma festa com tradição. A Comunidade, ainda hoje, tem especial cuidado na ajuda aos mais desfavorecidos, que muitas vezes batem à porta e esperam de nós, algum apoio.

Em 1892 Monsenhor Manuel Joaquim de Paiva, que auxiliou com muito zelo a Irmã Wilson, fundou junto à Capela de S. João, a escola para crianças pobres, dirigidas pelas Irmãs Diocesanas, tendo mandado proceder a grandes reparações na mesma Capela e respetivo adro. Auxiliou quanto pôde a Irmã Wilson e a todas as Irmãs no sentido de amarem verdadeiramente as crianças, transmitindo-lhes a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e a vivência da confissão e comunhão frequente. Dizia: “Todo o bem da Ilha da Madeira, depende das crianças”. Foi a 4 de Abril de 1927 a abertura desta escola. Iniciou-se um Externato misto muito frequentado, devido à falta de escolas na época. Como se fazia sentir a exiguidade de espaço para as aulas, uma grande benfeitora, Senhora D. Augusta Pestana, custeou toda a aquisição de material didático, bem como a ampliação de salas de aula. Novos e grandes melhoramentos se realizaram em 1935, sob a direção do Rev. Padre João Evangelista Lopes, Digno Coadjutor da Freguesia, que foi verdadeiramente a alma daquela obra. Em 1936, começou a funcionar um pequeno Internato Feminino. Mas em 1941, a Inspeção Geral do Ensino Particular impôs a escolha de um dos sexos e as Irmãs optaram pelo sexo masculino, alunos externos. Esta opção surgiu a partir da observação que as Irmãs faziam do comportamento dos rapazes da zona, que ocupavam o seu tempo pelas ruas, frequentando tabernas e outros lugares menos dignos e impróprios para a sua idade. Sentindo-se a necessidade da coeducação, em 1982 a escola voltou a ser mista, alargando-se a atividade educativa à Pré-Primária em 1989 e à ocupação de tempos livres (ATL). A escola de São João integrada no regime de escolas a tempo inteiro (ETI), iniciou as suas funções no ano letivo 2002/2003. No entanto, foi considerado o seu início a 1 de setembro de 2003, ao abrigo da portaria n.º 110/2002 de 14 de agosto de 2002, continuando a Projeto Educativo de Escola 2013- 2017 Escola de São João – Externato (E.T.I.) 9 funcionar neste regime. Esta assenta as suas estruturas fundamentais na legislação vigente para o Ensino Particular e Cooperativo.

Atualmente, a escola de São João, tem 120 alunos distribuídos por cinco turmas: pré-escolar e quatro anos do 1º ciclo: 1º, 2º, 3º e 4º ano.

A Escola de São João funciona em regime de tempo inteiro: as curriculares na parte da manhã e as atividades de enriquecimento curricular na parte da tarde. Há cinco anos a escola de São João funciona como centro de catequese da Paróquia de São Pedro; a maioria dos alunos frequenta a catequese na escola. Os alunos da nossa escola participam na Eucaristia, semanal, celebrada na Capela de São João, pelo pároco de São Pedro, Paróquia de São Pedro, à qual pertencemos.

PARTILHA