Congregação das Irmãs Franciscanas

de Nossa Senhora das Vitórias

NOTÍCIAS

PARTILHA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Celebrações do 30 de abril de 2023

150 anos da conversão da Venerável Mary Jane Wilson à Igreja Católica: Ponto alto do ano jubilar

No passado dia 30 de abril de 2023 celebramos com imensa alegria e gratidão o ponto alto deste ano jubilar, com um tríduo preparatório, com a presença das Irmãs e formandas, de vários sacerdotes amigos que celebraram conosco nas várias Paróquias onde estamos inseridas, da Associação dos Amigos da Irmã Wilson, de familiares das Irmãs, de nossos benfeitores e colaboradores e de todo o povo santo de Deus.

Na Cúria Geral, Apelação, Portugal, celebramos todos os momentos com muita fé. No primeiro dia do tríduo, tivemos a mesa redonda sobre a vida, missão e o carisma da Venerável Irmã Wilson, com a participação das Irmãs e simpatizantes da Irmã Wilson na Paróquia da Encarnação. No segundo dia fizemos a Vigília em ação de graças pelo dom da fé e da conversão e por todas as maravilhas que o Senhor realizou em Mary Wilson a bem Igreja. Nesta adoração ao Santíssimo Sacramento, precisamente na data da sua conversão, fizemos memória do que ela escreveu em sua agenda: 30 de abril de 1873: Recebi o dom da fé!

Mary alcançou esta graça após passar a noite inteira em oração, agarrada a pequena imagem de Nossa Senhora das Vitórias, que lhe fora oferecida pelo Padre Chierici, sacerdote redentorista que a acompanhou espiritualmente no processo da sua conversão do Anglicanismo para a Igreja Católica. Assim rezou:

Ó Virgem Maria, Mãe de Deus e minha Mãe, vós que vencestes todas as dificuldades e tanto sofrestes por amor do vosso divino Filho, Jesus Cristo, alcançai-me a graça de ser esclarecida se é verdade que Jesus Cristo vivo está no Santíssimo Sacramento para que eu possa pertencer a Igreja Católica. E apertando ao peito a santa imagem dizia: não vos deixo esta noite sem que me esclareçais.

Pela noite dentro tudo se transforma. Mary sente-se de tal maneira esclarecida que chega a dizer que o quarto estava inundado de luz. Todas as dúvidas se dissiparam. Manhã cedo foi ao encontro do sacerdote para lhe comunicar a grande graça alcançada e combinou com ele o dia da Abjuração. Esta realizou-se a 11 de maio seguinte, dia em que recebeu o Batismo sob condição (pois Mary Jane já tinha sido batizada no Anglicanismo, mas não havia certeza se o Batismo era válido para a Igreja católica, se fosse hoje não seria necessário) e comungou pela primeira vez.

Ressaltamos que na religião Anglicana Mary também aprendeu muita coisa boa, como a profunda convicção que o sangue de Cristo nos lava de todo pecado, uma profunda confiança no amor e na providência do Pai e grande amor e vivência da Palavra de Deus.

No dia 30 de abril participamos da Santa Missa festiva na Paróquia. A nossa Superiora Geral, Irmã Cacilda Rosa Joaquim Torcida Gamboa e a terceira Conselheira, Irmã Ana Rita Nunes Araújo participaram das celebrações em Moçambique, estando em visita fraterna à PNSF. Em todos os lugares e países vivemos fortes momentos de adoração, vigílias, partilhas e sobretudo a Santa Eucaristia, fonte e cume da vida da Igreja e da Irmã Mary Wilson:

Mary Wilson procurou no seu longo caminhar,
A fé que tanto desejou, na Eucaristia a veio encontrar.

Na família anglicana, Mary deu os primeiros passos
Vive a fé, mas a Deus clama, sem nunca baixar os braços!

Sempre e em cada dia procura, o lugar e a certeza da fé,
Inicia um caminho que dura e a coloca vigilante, de pé.

Muitas são as dificuldades que a vida lhe impõe
Mas a procura da verdade são suas principais razões.

Na noite de oração fervorosa invocou a Senhora das Vitórias
Reconhece: “A vitória foi Vossa, Vos confesso perpétua memória”

Percorreu muitos caminhos sem saber onde iriam dar
Enfrentou os desafios sem nunca deixar de avançar

A data que estamos a celebrar é caminho de luz e esperança
Depois de muito remar encontrou paz e bonança.

A Irmã Wilson é a medida com que devemos nos confrontar
Na vivência de um carisma que dela podemos herdar.